quinta-feira, 6 de março de 2014

Guardião da história de Garanhuns será inaugurado dia 10 de março


Foto do antigo casarão na Praça Dom Moura, em 1922. A partir de 10/03/2014, o imóvel passa a ser a sede do Instituto Histórico e Geográfico de Garanhuns. 


Por: Igor Cardoso

A pedido do confrade Marcílio Lins Reinaux, elaborei o seguinte memorial histórico do belo edifício que será reinaugurado, agora como sede do Instituto, no próximo dia 10 de março:


Em estilo eclético, foi projetado pelo arquiteto italiano Bruno Giorgio no ano de 1919, sob encomenda do ex-prefeito cel. José de Almeida Filho, próspero comerciante local e proprietário da Empresa de Melhoramentos de Garanhuns (EMG).

O imóvel é bastante representativo do apogeu do Ciclo do Café na região: para se ter uma ideia desse período de prosperidade, todo o madeiramento para o assoalho e lambri foi importado do Pará.

Pouco tempo depois, foi adquirido pelo político cel. Antônio da Silva Souto Filho, tornando-se uma espécie de "quartel general" do líder na cidade. Souto Filho passava horas no porão habitável, um espaço imenso, recebendo amigos e correligionários. Ali funcionava o seu gabinete, guarnecido com móveis de jacarandá e uma imensa mesa redonda.

Assim, nos primeiros anos de sua História, o belo casarão da Praça Dom Moura, nº. 44, pertenceu a dois ex-Prefeitos*.

Pouco tempo depois da morte de Souto Filho, em 1939, o cel. José Custódio das Neves, cafeicultor e futuro Prefeito de Brejão, adquiriu o casarão e a família o conservou até 2004, quando a Prefeitura finalmente o comprou, na gestão do ex-Prefeito Luiz Carlos de Oliveira.

Na primeira reunião do Instituto Histórico com o atual Prefeito Izaías Régis, em 24 de janeiro de 2013, o Sodalício obteve do Edil o compromisso de proceder à cessão do imóvel para lhe servir de sede.

Ainda no primeiro semestre de 2013, atendendo a projeto de iniciativa do Executivo, que o enviou já com o termo de cessão assinado, a Câmara de Vereadores autorizou o pleito nas sessões dos dias e 02 e 07 de maio.

No dia 10 de março de 2014, em evento em comemoração aos 203 anos do Município de Garanhuns e aos dois anos do Instituto, este reinaugurará a tradicional residência, então sob os seus cuidados. Em breve, o edifício deverá abrigar também o Museu Histórico de Garanhuns.

*Almeida Filho foi prefeito de 1919 a 1922; Souto Filho elegeu-se em 1929, mas não chegou a governar: renunciou em favor do cunhado e Vice, cel. Euclides Dourado, ex-Prefeito na gestão anterior.

FONTE: Blog do Anchieta Barros - http://anchietabarros.blogspot.com.br 

Nenhum comentário:

Postar um comentário